quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Carta Manifesto Da Comunidade Grêmio Arena Oficial

Através desta carta manifesto, a torcida do Grêmio vem declarar indignação e repúdio a escolha e manutenção do estádio Beira Rio como sede da Copa do Mundo. Ficamos envergonhados pela falta de profissionalismo e incompetência observados no processo de escolha do estádio sede, sem avaliação técnica ou econômica do projeto escolhido e das possíveis alternativas. A cada dia que passa, estamos mais estarrecidos com o desenrolar dessa equivocada decisão, que compromete a participação da cidade de Porto Alegre nos grandes eventos da FIFA que serão realizados no Brasil.

As dúvidas quanto à parceria e total falta de planejamento, compromisso e clareza por parte do SCI na administração da reforma do estádio são motivos mais do que suficientes para qualquer gestor público buscar alternativas para a realização das competições na cidade. Mas os problemas observados foram ignorados e minimizados desde o final de 2010. Para espanto de uma minoria ciente dos desmandos que aconteceram (e ainda se sucedem), nossas autoridades se abraçam firmemente à causa “Beira Rio na Copa”, mesmo com o iminente corte da Copa das Confederações.

Se nossa cidade não tivesse alternativa, até seria louvável o esforço de nossos representantes públicos. Porém, nossa cidade contará com outro estádio no final de 2012. Será maior que o Beira Rio, novo e dentro de todos os padrões necessários para a realização das competições FIFA. Como se não bastasse, seu entorno necessitará um investimento menor do que o orçado no Beira Rio, e estará pronto dentro do prazo para a realização da Copa das Confederações, mesmo com isenções fiscais muito inferiores às concedidas ao estádio da Padre Cacique. A insistência das autoridades em manter o Beira Rio como sede da Copa do Mundo é inexplicável, e ofende os gaúchos pelo despropósito e pelo descaso com o dinheiro público utilizado na reforma do estádio. Muito mais lógico, prático e econômico seria redirecionar os investimentos do Beira Rio para a Arena.

Políticos renomados falam em “falta de tempo” para alteração dos investimentos em infra-estrutura. Estranho, as obras públicas para a Copa em Porto Alegre foram apresentadas em setembro de 2011, e nem saíram do papel! Qual a dificuldade de mudar os investimentos públicos para a Copa, se as obras de infra-estrutura nem começaram? No dia 14 de setembro, recursos para obras da matriz de responsabilidades da Copa do Mundo 2014 tiveram destino modificado pelo Secretário da Copa João Bosco Vaz. O Secretário da Copa decidiu que não usaria 30 milhões no corredor de ônibus da Assis Brasil, e TRANSFERIU este dinheiro para obras na Avenida João Pessoa. Logo, mudanças nos investimentos são possíveis, sim!

Só para lembrar, o Bairro Humaitá também faz parte de Porto Alegre, e historicamente recebeu muito menos investimento do que o entorno do Beira Rio, constantemente agraciado com obras públicas. Seria um verdadeiro legado para a cidade: a revitalização do Bairro Humaitá, que é o elo entre a capital do estado, serra, fronteira oeste e litoral. Um verdadeiro cartão de visita da cidade!

Outro desrespeito ao contribuinte foi (e ainda é) protagonizado por parte da imprensa, que se diz isenta, mas despertou para as dificuldades de Porto Alegre como sede da Copa do Mundo no tardio setembro de 2011. A situação cambaleante da cidade e do estádio escolhido já era visível desde o final de 2010. Como num passe de mágica, justiceiros travestidos de jornalistas arrumaram um culpado para o fracasso de nossa cidade, e sobrou para a empreiteira “parceira” (ainda sem contrato assinado). A imprensa, juntamente com o poder público, foi incapaz de assumir a responsabilidade pela sua omissão nas questões relacionadas à reforma do Beira Rio. Na “caça a bruxas”, o argumento utilizado por políticos e jornalistas foi que a empreiteira estaria prejudicando Porto Alegre e o Rio Grande do Sul com muita morosidade na avaliação do contrato.

Ora, quem assumiu o compromisso com a cidade, estado, país, CBF e FIFA foi o Internacional! O SCI sabe que o Beira Rio sediaria as Copas das Confederações e do Mundo desde 2009, e a AG somente foi aprovada pelo conselho colorado como parceira em maio de 2011. A culpa é de quem? Da construtora escolhida em maio de 2011, ou do Internacional, que demorou dois anos para optar por esse modelo de reforma?

No fundo, só queremos e exigimos o que nos prometeram: “Copa do Mundo e Copa das Confederações em POA!”. Mas, os caminhos pelos quais políticos ilustres e membros da imprensa estão trilhando para chegar a este objetivo, além de não serem os mais lógicos, práticos e econômicos, também não são os mais éticos!

Agora, que o contrato está novamente nas mãos do SCI, haverá pressão de políticos e da imprensa para que a assinatura ocorra rapidamente e Porto Alegre e Rio Grande do Sul não sejam prejudicados?

A torcida do Grêmio, reconhecidamente a maior do Rio Grande do Sul, afirma que não se esquecerá da atitude covarde das autoridades e da imprensa nos últimos meses, principalmente nos últimos dias, onde muitas ações norteadas pelo CLUBISMO E DESPROVIDAS DE BOM SENSO afastaram (e afastam) as mais importantes competições da FIFA do nosso estado, e não apontam os verdadeiros responsáveis pelas dificuldades da realização da Copa das Confederações em Porto Alegre. Se insistirem no Beira Rio, a Copa das Confederações estará perdida, mesmo com a assinatura do contrato entre SCI e AG. Se o contrato não for assinado, a Copa do Mundo também estará comprometida. Pensem bem, ainda há tempo para mudanças!

Caso a postura de nossas autoridades não mude, restarão frustração e indignação despidas de cores e clubismo, pois a imagem de todos os gaúchos estará manchada.

Um último recado aos políticos Adão Villaverde, Henrique Fontana, Manuela D'ávila, Dilma Rousseff, Tarso Genro, João Bosco Vaz, José Fortunatti (gremista e conselheiro do clube), Beto Albuquerque, Flavio Koutzii, e João Motta...

“Vocês realmente acham que só os colorados votarão na próxima eleição?!”

Atenciosamente,

48 comentários:

Eduardo disse...

VERGONHA NA CARA, ISSO É O QUE FALTA NESSES POLÍTICOS NO-JEN-TOS. A cidade tem dois times, e eles estão esquecendo justamente o clube de maior torcida... Tudo o que vai, volta, não esqueceremos disso. E, ao autor, parabéns pelo manifesto, justa causa e com argumentos sólidos, mais concreto que isso só na construção da Arena...

Mauro disse...

Listem os politicos envolvidos nessa vergonha que foi o RGS perder a Copa das Confederações por pura incompetência. Afinal POA já havia sido pré selecionada.

Tarso
Fortunati
Manuela
...

ROGÉRIO disse...

NÃO ADINTA CHORAR,O INTERNACIONAL,APRESENTOU PRIMEIRO O PLANEJAMENTO DO SEU ESTÁDIO,NA VERDADE O GREMIO DORMIU,E PERDEU A CHANÇE DE CEDIAR A COPA.

Emilio disse...

Rogério, que planejamento?????? Teve isso lá por aquelas bandas?

fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
fernando disse...

EXCLUI O COMENTARIO DESSE MACACO ROGÉRIO, NAO SABE DE NADA,EU ACOMPANHO ESSE CASO DE PERTO, DILMA,TARSO,MANUELA E OUTROS PARA QUEM NEM VOU ME PRESTAR DAR IBOPE SAO COLORADOS DECLARADOS E BOTARAM SEU CLUBISMO ACIMA DOS INTEREÇES DA CIDADE A IMPRENÇA COMO UM TODO TEM SIM SUA PARCELA DE CULPA POIS ELA JUNTO COM ESSES POLITOS INCOPETENTES COMEÇARAM UM MIVIMENTO DE PREÇAO SOBRE A TONSTRUTORA AG,INFELIZMENTO O FOGASSA GREMISTA DE COMRAÇAO NAO É MAIS NOSSO GOVERNADOR QUEM SABE SE ELE ESTIVESSE NO GOVERNO A HISTÓRIA SERIA OUTRA ABRAÇOS AOS GREMISTA VAMO NOS ASSOCIAR TEMOS A MAIOR TORCIDA DO RIO GRANDE E A SEXTA DO BRASIL!

luis disse...

1 culpado e o sucatao alugado ( TALVEZ ) AG 69 ok . DEPOIS ,,, IMPRENSA 69 claro , TARSO , manuela , FORTUNATI !!!!!!!!!!!!!

André disse...

Muito bom texto!
Com certeza esses politicos vão ficar marcados na paleta. Os interesses pessoais e clubísticos de alguns políticos que estão no poder passaram por cima do melhor interesse para a sociedade (arena mais moderna, maior, menos gasto público etc.) Um verdadeiro desfavor a toda sociedade realmente. Mas a história ninguém apaga...
Giuliano - pega os e-mails dos vereadores - deputados est. e fed.(com o Odone com o Danrley por exemplo) e passa adiante esse belo texto.
Isso precisa ganhar coro.
Um abraço!
André

Daniel Fraga disse...

Olha bem para estes nomes de políticos ai citados, a maioria são de teor politico fanático que apoiam Chaves, Fidel e etc... eles vivem em um mundo de sonho e esquecem da realidade, é assim na politica feita por eles, é a no gerenciamento e será assim na escolha do estadio, um sonho do Beira Rio para copa mas se esquecem da realidade e de quanto irá por em risco esta decisão. Viva aos nossos sonhos, viva o fanatismo, viva copa no beira rio e vamos todos assistir a copa pela TV ou iremos a Curitiba. Isto é um pais sério. Só gente competente.

San Tell d'Euskadi disse...

Esse jogo-de-cena é necessário para não deixar o Colorado na mão. Só isso.

Depois de assinado, o Beira-Rio ficará pronto. Que é o que interessa. Se a obra não terminar a tempo para a Copa, troca-se para a Arena.

O problema é que não se pode dizer isso antes da AG fechar com o Inter.

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Estão sendo desonestos com quem (único) está com o cronograma de seu projeto em dia !!

ROGÉRIO disse...

Choro de perdedor!!

Carlos Roberto Flores Torres disse...

Por mim que a macacada, gaste os tubos e perca a copa, afinal NUNCA SERÃO....

FM disse...

Esse Rogério é um típico macaco bisbilhoteiro.

ROGÉRIO disse...

Não se preucupem,que arena tricolor,vai servir de campo de treinamento,já é alguma coisa né,afinal quem manda no Rio Grande do sul é SPORT CLUBE INTERNACIOANL,isso dói né,um dia o Gremio vai ser grande tambem,talvez daqui uns 30 anos hehehehehehehe.

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Ao que eu li no jornal de domingo a AG quer a receita de muitas áreas da reforma do B-rio. É muita grana, algo em torno de 60%, pra não dizer mais. Durante 20 anos. Vê só, não sei não se aguentam.

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Caros amigos gremistas,

Deveria alguém traduzir este manifesto para o inglês e para o francês e, mandar junto de uma calorosa introdução para a FIFA.

Quem sabe não sirva de impulso para esta entidade tomar providência por si própria.

Pois isto é descaso com quem está com o cronograma em dia, trabalhando de maneira séria e correta.

Abraço tricolor.

Abel Abelha disse...

Olá... Sou novo por aqui, não sei se é pertinente perguntar, mas só para um esclarecimento pessoal, de quanto foi a isenção fiscal concedida ao remendo do estádio da Beira do Lago e a construção da Arena? O terreno da Arena chegou a ser realmente doado? O Grêmio chegou a conseguir realmente a isenção fiscal? Pergunto por que li essa matéria antiga e não encontrei nada mais atualizado... http://esportes.terra.com.br/futebol/brasil2014/noticias/0,,OI4855901-EI10545,00-Lula+veta+isencao+fiscal+para+CTs+da+Copa+diz+jornal.html
“O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, vetou a isenção fiscal aos estádios que servirão de treinamento na Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A informação é do jornal Folha de S. Paulo, que afirma que a medida já gerou reclamações em cidades como Porto Alegre. O Grêmio, por exemplo, contava com o benefício para a construção de sua nova arena, que pode sediar a Copa das Confederações de 2013 e servirá para treinos no evento do ano seguinte. Secretário extraordinário da capital gaúcha para o Mundial, Ricardo Gothe falou até em iniciar uma movimentação no Congresso para mudar a decisão de Lula.”
Essa matéria foi posterior a isenção fiscal que foi aprovada na câmara, que era de 30 milhões para ambos, depois não encontrei mais nada referente ao assunto... Desculpa se esse espaço não é para essa finalidade, é que entro aqui pela primeira vez, e estou ignorante nesse assunto, se alguém puder esclarecer a minha duvida e se puder me passar alguma fonte fico muito agradecido...
Abraço e saudações tricolores..

André disse...

Eu só sei de uma coisa, no inicio as obras do remendo seria toda feita com recursos proprios e agora mudou e pelo andar da carroagem, vão tomar um pé de pinto desta gutierres, eu aposto aqui o remendo não volta as obras até o final do ano 2012

ROGÉRIO disse...

Chega de polemicas,o ministro dos esportes,disse hoje pela manha,que o estadio escolhido pela FIFA foi o gigante da beira rio,então gremistas guarem sua arena para serie B ano que vem ok!!! INTER CAMPEÃO DE TUDO!

San Tell d'Euskadi disse...

Onde está a novidade, Rogério? A preocupação aqui é sobre a cidade perder a Copa. Terminem a reforma e fiquem como sede. O problema é afirmar que se o teu clube falhar, Porto Alegre perde junto. Isso, sim, é inaceitável.

Entendeu agora, ou precisa que eu desenhe?

Abraço.

André disse...

Rogério só para lembrar hoje é 07/10/2011, xiiiiiiiiii o tempo está acabando, e o remendo não vai aprontar, que fiasco vai ser.

Rafael disse...

Arena do Grêmio e aterro tiveram isenção fiscal.

Sinceramente, gurizada, se é pra entrar em briguinha, prefiro deixar este problema no colo deles.

Eles que se virem com o rolo que criaram e que paguem esse mico perante todos os gaúchos.

ROGÉRIO disse...

Caro San Tell,o maximo que podemos perder é a copa das confederações,a cidade não vai perder não,as reformas duplicação da av beira rio,metro etc... te acalma que o internacional sabe que ta fazendo,e tudo terminará numa boa,não vamos fazer que nem o gremio,que vai ficar com um estadio de aluguel,e sendo vaquinha de presepio da OAS,vamos analisar as coisas,sem que o clube vire barriga de aluguel,essa é a diferença do gremio,que é uma bagunça,para o internacional clube do povo,que jamais caiu para segunda divisão.

San Tell d'Euskadi disse...

Rogério,

Você é um clubista. Não é exclusividade sua, muitos dos gremistas que postam aqui também são. Eu acho isso CHATO demais, mas aqui é uma casa imortal e excessos tricolores são esperados. Já um colorado vir aqui 'cantar de galo' é pura falta de noção.

Para você ter uma idéia de mim, sou a favor de estádio ÚNICO! Acho um absurdo cada clube ter o seu estádio, quando compartir faz muito mais sentido. Eu gosto de freqüentar o Beira-Rio, principalmente quando não é clássico. Não acho que ser gremista me coloca em posição de superioridade em relacÇão a colorados; nem vice-versa. Então, cortemos as bobagens e tudo ficará bem.

Sobre o seu comentário, excetuando a possível perda da Copa das Confederações (que seria um atestado de incompetência por si), nada que você escreveu acima condiz com a realidade. Tudo existe no plano da expectativa, nenhuma obra começou de fato. O projeto do metrô (que eu não só duvido que saia, como torço para isso) sequer é para a região do Beira-Rio.

O que há, de fato, são as obras da Rodovia do Parque e o estádio do Humaitá. Ficarão prontos a tempo? Não sei, mas pelo menos se pode ter alguma idéia.

Não faz muito, esse 'pessoal que sabe o que faz' dizia que o Beira-Rio estava PRONTO para sediar a Copa. Não confia em gremista? Pois está aqui: http://beirario2014.blogspot.com/2008/07/verso-oficial-da-reforma.html. Um trecho: "É por isso que não existe pressa alguma na construção da cobertura. Na concepção deles, ela não é o inicio como pensam alguns, ela é o fim da reforma. Por isso, eles julgam ter seis anos para fazer a cobertura, o resto é resto. É desnecessário, é só um adorno. Estamos praticamente prontos para sediar.
"

O post é de DOIS MIL E OITO! Estamos em dois mil e ONZE, e nada...

Para encerrar, eu duvido que fazer contrato correndo e com necessidade seja um bom negócio. Mas, sabe como é, sem ironia nenhuma, só me resta desejar boa sorte para vocês nessa.

ROGÉRIO disse...

Vamos aguardar,amigo,a final não é só RS que esta atrasado não,voçe não viu o pelé dizer,que o Rs é o estado que está mais adiantado,a final estamos no Brasil,e aqui é tudo mais dificil,a não ser em Sp,que está construindo um estádio para o corinthians,que deve ser chamado de LULÃO.

luis disse...

ROGERIO , A PIFA TUA DIA 20 IRA ANUNCIAR 1 BOMBA NA SUICA OK . SUCATAO AG ALUGADO 69 , " FORA " !!!!!! ( ROGERIO ENTRE NESTE SITE ok ) == ARENA GREMIO SKYSCRAPERCITY page = 290................. ok . OBRAS VOANDO normalmente NE.

ROGÉRIO disse...

LUIS,SÓ MAIS BEIRA RIO,A FIFA DA CAGANDO PARA SUA ARENA,QUEREM O BEIRA RIO, HEHEHEHE!!!

ROGÉRIO disse...

VAMOS MANDAR PARA FIFA ESSA MATÉRIA,PARA MOBILIZAR A FIFA,SEGUE O LINK
http://www.youtube.com/watch?v=fZPG82C-5ng

ROGÉRIO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ROGÉRIO disse...

Piffero diz que ausência da poltrona 36 não é ironia ao Grêmio
Presidente colorado falou sobre o layout interno do novo ônibus do clube
O presidente Vitorio Piffero veio a público nesta terça-feira para esclarecer a ausência das poltronas 35 e 36 no novo ônibus do Inter. O caso foi encarado como uma alusão à polêmica envolvendo o antigo ônibus do Grêmio, chamado Trovão Azul, em 2004.
– O design interno do ônibus foi planejado junto com o futebol e tem nos últimos assentos, dos dois lados, uma mesa para reuniões. Coincide que as últimas cadeiras, a já famosa 36 e outras que eu não sei o número. No lugar dessas poltronas, existem duas mesas de reuniões. Não houve efetivamente nenhuma intenção do Internacional, muito menos minha de entrar neste assunto – disse Piffero no programa Sala de Redação, da Rádio Gaúcha.

O assunto foi levantado pelo ex-presidente do Grêmio, Luiz Carlos Silveira Martins, o Cacalo, que considerou o caso como um desrespeito ao Tricolor. Em resposta, Piffero refutou qualquer ironia ao Grêmio e disse que o rival tricolor não serve como referência para o Inter.

– O Grêmio não é referência para o Internacional. Nós somos hoje o segundo orçamento no Brasil, só atrás do São Paulo, esse sim é nossa referência em torno de orçamento. Temos aqui quase 80 mil sócios e ninguém chega perto. O Inter está muito além disso, estamos tratando de comemorar nosso centenário sem se preocupar com ninguém. Não posso deixar prosperar esse tipo de assunto porque não houve de nossa parte qualquer intenção outra que não seja de apresentar o ônibus e agradecer a esses patrocinadores que fizeram esse comodato – completou Piffero.

Tiago D'Arrigo Gama disse...

É chato terem que fugir de assuntos relevantes.

Existe um imenso descaso com quem está com o cronograma em dia.

A AG (que em nada tem que se responsabilizar pela incompetência vermelha)vai cobrar caro por esta reforma, pelo que eu li uns 60% das receitas do B-rio. Por 20 anos, não sei não se aguentam.

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Pra finalizar, acho que esta corja de 'políticos' do RGS vai entregar, de fato, as copas ao sci. Mas depois vem as consequências.

Uma copa mediana, pra não dizer pra menos, um clube com o chapéu pendurado, um estádio que com certeza enxergarão que ainda necessitará de muitas reformas (eternas), e com problemas de estrutura.

Fabiano disse...

Sou Gremista, gostaria muito que a copa fosse em nossa futura linda Arena, mas no fundo, quero que o Internacional consiga a tempo resolver os tramites e tacar a obra com um planejamento pífio com base a um contrato assinado as pressas, pois o legado após o evento da FIFA será de uma exploração absurda dos recursos do novo estádio pois eles(AG) sabem da pressão que os colorados se encontram para legalizar a parceria o quanto antes, e com certeza o clube ira aceitar qualquer exigência porque o tempo para decisões já se esgotou faz tempo.

Fizeram proganda enganosa dizendo que fariam a reforma com recursos próprios; em nem um momento se mostraram flexiveis em seder a copa ao Grêmio mesmo com o risco de nao terminar a obra, e acabarão pagando por todos os podres que estão fazendo.

André disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André disse...

Rogério, só para lembrar hojé é 08-10-2011, e o tempo está se indo,

Vc fala em estádio de aluguel, pelo que me consta o beira rio está no mesmo caminho depois que optou por tercerizar a obra.

Será lindo de ver o fiasco quando eles anunciarem que as obras não serão terminadas, falta apenas 2 anos de 8 meses para copa, NÃO VAI DAR TEMPO DO REMENDO FICAR PRONTO.

Julio CS disse...

Estão chamando estes figurões (Pelé, Ministros, Políticos, etc... só faltou o Papa) para "pressionarem" a AG ??? Como assim: algo tem que ser pressionado??? Isso está com cheiro de verbas federais, recursos públicos, que irão ser desviados para dar uma "mãozinha" prá tudo sair nos prazos. Todos sorrindo, os dias passando, e o remendão parado, com retomada das obras para dez/2011. Cambada de pilantras.

ROGÉRIO disse...

André,pelo que sei,o presidente do internacional,já deu uma declaração,dizendo,que o contrato ta praticamente fechado,não adianta os gremistas ficarem secando o internacional,os seus presidentes que são lerdos,só fazem burradas,depois ficam secando os negócios do internacional,a FIFA,não vai mudar os cronogramas,não tem tempo amigos,então,se não der o beira rio,o RS fica fora,e deu!!!!

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Então tu estás vendo a burrada do sci, RS fora.

André disse...

Rogério então o RS vai ficar sem copa, uahauhauha pq o remendo não vai ficar pronto, o atual contrato que no inicio tinha sido tratado de boca em R$ 290 milhões agora já está entre R$ 350 e R$ 400 milhões, agora te pergunto tu como torcedor, aceitaria que teu clube aceita-se algo assim, lembrando que com pouco mais de R$ 500 milhões o grêmio está construindo uma das arenas mais modernas do Brasil, aceitaria o puxadinho que vão fazer no teu estadio?????

Giuliano Vieceli disse...

Ô pessoal, vamos manter o nível nas discussões!

Até permito flauta, corneta e tal! Mas sem ofensas!

Abraços

Flavia disse...

Sugiro leitura do texto da Deputada Manuela

A copa, o Inter, o Grêmio e a unidade
Decidi escrever no blog sobre futebol. Futebol? Eu? Sim. Mas não sobre os jogos da rodada como eventualmente faço. Resolvi escrever sobre as leviandades que alguns constróem junto as nossas torcidas, aqui no Rio Grande.
Sou colorada. Todos sabem. Sou torcedora por paixão. Minha Família inteira é gremista e aprendi a fazer do futebol uma paixão respeitosa. Não acho a menor graça em torcedores que não sabem conviver com a diferença. Futebol para mim é paz, sempre.
Se futebol é paixão, política deve ser razão. Evidente que somos movidos pelo amor as idéias que temos. Mas escolhemos acreditar em tais idéias. Não escolhemos ser colorados ou gremistas. Somos. Não é assim? Esse é o motivo que me levou a jamais misturar futebol e política. Represento idéias. Idéias que um branco ou negro, mulher ou homem, gremista ou colorado podem defender.
E qual o sentido de escrever isso tudo em plena manhã de domingo? A Copa de 2014. Para mim, como parlamentar que representa o RS e Porto Alegre, a importância desses eventos consiste nas obras que podem melhorar o trânsito e transporte (legado da mobilidade), no fluxo de pessoas que visitarão a cidade e na movimentação econômica que farão. Garantindo empregos de todos os tipos (hotéis, restaurantes, espaços que fornecem para esses, táxistas etc). além, é claro, da divulgação da cidade como capital pronta para sediar eventos (nossa grande vocação turística!).
Mas nada disso é o que motiva esse post e sim a confusão entre nossas torcidas.
Vejam a história: nossa cidade apresentou dois projetos de estádio. Dos nossos dois clubes campeões mundiais. A FIFA selecionou o do colorado.
As obras começaram, pararam, há questões a serem resolvidas que atrasaram a assinatura do novo contrato. MAS, a FIFA trabalha com esse estádio para sediar a Copa e, NESSE MOMENTO, a Copa das Confederações.
Em doze dias haverá a escolha das sedes da copa das Confederações. E perder essa etapa, significa perder em média 50 mil turistas para a cidade. Não posso admitir isso. O povo não merece e acho que espera de mim ATITUDE e CORAGEM para correr atrás. É o que fiz e faço. Junto com todos aqueles que quiseram correr atrás de 50 mil turistas para o estado. Para mim, um representante não lamenta, FAZ. Fui lá e fiz (estou fazendo).
Aí, pessoas interessadas em outras disputas que não essa (pensem nisso...) começaram a trabalhar na guerra grêmio e inter, Arena e Beira-rio. Que guerra? Ainda bem que nossa cidade terá dois estádios Padrao mundial! Só ganhamos com isso. Poucos sabem, por exemplo, que, quando eu coordenava a bancada gaúcha, a pedido do presidente do Grêmio, apresentei a emenda ao orçamento para as obras do entorno da nova arena. Acredito que essa é a
Maior prova de meu interesse em que essas obras aconteçam!
Aí, sujeitos cheios de interesses, deram a entender que os parlamentares e gestores do executivo defendiam ou um clube ou outro. Meus Deus! Na batalha que travamos agora o estádio inscrito é o do Inter. Para ganhar a batalha temos que resolver a esse problema. Falar em troca de estádio etc é reconhecer que perdemos a copa das Confederações e eu só desisto quando acaba. NÃO DESISTO NO MEIO DO CAMINHO. Depois dessa etapa novas questões podem surgir. Mas a etapa é essa. Vivemos uma batalha de cada vez.
Por isso escrevo esse post aos meus amigos colorados e gremistas. Vamos pensar nos interesses que estão por trás dessas invenções infantis? Vamos nos unir por Porto Alegre? Vamos nos unir pela Copa das Confederações? Hoje, em
Minha Opinião, estamos perdendo essa guerra. Juntos podemos vencer.
A enorme paixão pelo meu clube - do qual sou conselheira - não se opõe ao amor ainda maior que sinto por Porto Alegre e pelo Rio Grande. A dupla grenal é parte da Porto Alegre que amo. E trazer a copa das Confederações para cá é fazer colorados e gremistas mais felizes.

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Mas aonde eu posso responder à deputada, Flávia?

Flavia disse...

Tiago, aqui está o link:

http://bolademeiaboladegude.blogspot.com/2011/10/copa-o-inter-o-gremio-e-unidade.html

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Deputada Manuela,

Eu, gremista, entendi tua postura. Pois bem, temos que defender as copas no RS, no que tange este mês a Copa das Confederações.
Sim, o estádio escolhido pela FIFA para a Copa do Mundo foi o estádio Beira-Rio. Há 2 anos atrás. Mas naquela data as situações eram adversas às de hoje.
Naquele tempo o Grêmio ainda engatinhava o seu estádio, já havia escolhido seu parceiro, mas ainda estava definindo contrato, e esperava por uma série de licenças, inclusive ambientais e da infraero. Sendo que somente começou a construção de seu estádio em setembro de 2010.
Como sabemos o estádio Beira-Rio já existe, e isto foi determinante para a escolha feita pela entidade maior, FIFA.
Na minha opinião o Internacional criou um projeto, com marina e tudo mais, parecendo Dubhai ou Qatar. Prometendo construir tudo com recursos próprios. Isto com certeza fez encher os olhos da FIFA. Todos nós sabemos que o Internacional, assim como o Grêmio, é um clube milionário, mas não é tanto também.
Fazendo um paralelo vejo que o Inter cometeu um erro ao não definir um parceiro desde cedo. Tão somente agora, não conseguindo mais esconder que não conseguiria construir seu projeto sozinho, resolveu procurar parceiro. Ainda não tendo a assinatura de contrato, está neste impasse desde maio até hoje.
Seguindo o paralelo, o Grêmio fez diferente. Primeiro procurou um parceiro, então fez um projeto modesto, sabendo que não seria o proprietário de todo ele. Definiu a forma de financiamento, e hoje está com o cronograma de obras em dia. Dentro disto, o Grêmio foi para o Humaitá, não só pelo terreno, mas também porque existe um plano-diretor de investimentos da prefeitura para o extremo norte de Porte Alegre, que é a ligação com a região metropolitana e que é chamada de Corredor de Desenvolvimento. Hoje estes investimentos para a região tem sido diminuídos e, o entorno da Arena deveria ter também a mesma atenção da prefeitura.
A questão que se coloca hoje é de que o tempo para a escolha das sedes para a copa das Confederações está se esgotando. E o RS precisa ter um estádio para representa-lo. Vejamos, o Grêmio está com seu cronograma em dia, tendo a empreiteira que construirá seu projeto definida e, com todas as questões pertinentes tratadas. Enquanto o Internacional, vem tardiamente tratando de se acertar com uma empreiteira, ainda não tendo garantias, e com suas obras embargadas.
O Grêmio está perdendo todo o apoio, nas 3 esferas do poder público, por uma questão que já passou para o âmbito do clubismo. Com todo o respeito ao poder público, considero isto um desrespeito e um descaso com quem está com os cronogramas, de suas obras, em dia. E que pode, sim, oferecer seu novo estádio para a realização dos jogos.
Esta é a minha visão, sei que diverge de outras, que circulam pela internet, mas eu defendo nisto o Grêmio não só por ser meu clube do coração, mas sim pela maneira que agiu desde os estudos iniciais de seu empreendimento.

Tiago D’Arrigo Gama.

ROGÉRIO disse...

Estádios da Dupla: Pelé acredita que Beira-Rio é o estádio mais adiantado para Copa das Confederações
sexta-feira, outubro 7, 2011, 15:31Inter, Notícias220 acessosComente


O maior jogador de futebol de todos os tempos esteve no Beira-Rio nesta sexta-feira. Embaixador honorário da Copa do Mundo, Pelé visitou o estádio gaúcho junto com Orlando Silva, ministro do Esporte, e autoridades gaúchas envolvidas no evento. Fernandão, diretor técnico, e Giovanni Luigi, presidente do Internacional, receberam a comitiva.

Apesar das obras estarem atrasadas, o Rei do futebol acredita que o Beira-Rio é o estádio mais adiantado para a Copa das Confederações:

- Porto Alegre é a cidade mais adiantada. Nós conversamos com os responsáveis e eles disseram que está praticamente tudo pronto. Este é o primeiro estádio talvez a completar o tempo que a Fifa está pedindo até para a Copa das Confederações.

Mesmo com algumas obras em evolução, existe ainda quem questione a possibilidade da Copa do Mundo ser realizada no Brasil. Pelé pediu otimismo ao povo brasileiro:

- Me preocupa que estamos criando uma onda de que as coisas não vão acontecer. Isso não é verdade. Vai sair, sim. Vocês devem ter ouvido falar que a Copa não seria no Brasil se as obras não ficassem prontas. Nós temos que acabar com isso. O brasileiro tem que ter confiança. Temos certeza de que vai sair. São impasses internos, que vão ser resolvidos. É impossível o Sul não ter a Copa das Confederações ou a Copa do Mundo.

Orlando Silva reiterou que o Beira-Rio será o palco da Copa do Mundo em Porto Alegre:

- A decisão de fazer Copa do Mundo em Porto Alegre foi da FIFA. Ela decidiu que o estádio é o Beira-Rio. Não há um debate que não seja a preparação deste estádio, que foi a escolha da FIFA. Sei que o Grêmio preparou a Arena. Tenho notícias de que é uma arena em nível extraordinário, e prepara porque o Grêmio é um grande clube, que terá um estádio à altura de sua tradição, de sua história. Será um estádio de nível internacional.

As obras no Beira-Rio só deverão ser retomadas na metade de novembro. O contrato entre o clube gaúcho e a construtora Andrade Gutierrez ainda terá que passar pelo Conselho Deliberativo antes de ser firmado.

Foto: Alexandre Lops/Inter

Giuliano Vieceli disse...

Rogério me vem com a declaração estapafúrdia do Pelé, ahahahah!!

Deixei um comentário lá, vamos ver se ela aprova!

Em primeiro lugar, gostaria de fazer uma correção: os dois estádios indicados, como acima referiste, foram o Beira-Rio e o Olímpico!

O Projeto Arena sequer tinha um parceiro definido, uma vez que o contrato só foi assinado em dezembro de 2008, bem depois da definição do Beira-Rio como estádio representando Porto Alegre na disputa para se tornar cidade-sede.

Hoje, porém, a realidade é outra! O novo estádio do Grêmio ficará pronto ANTES do prazo estipulado pela FIFA e ANTES do estádio do Internacional.

Este, aliás, ninguém sabe quando estará pronto, diga-se de passagem!

E não me venha com esse discurso demagógico de que quer o melhor pra cidade e blá blá blá!

Isto é conversa para boi dormir!

Me diga qual o problema em mudar o estádio que representa Porto Alegre? Seriam as obras viárias?

Ora, existe tempo hábil para fazer as obras necessárias no entorno da Arena! Negar isso é chamar a população de idiota!

Se bem que, nas entrelinhas, é mais ou menos isso que a tua manifestação faz: trata todos nós como idiotas!

Saudações tricolores

Giuliano Vieceli

Abel Abelha disse...

Por Alexandre Alliatti Porto Alegre

Teixeira avisa Federação Gaúcha: Copa pode ser na Arena do Grêmio
Teixeira oficializa ausência de Porto Alegre da Copa das Confederações e faz alerta ao Inter: 'Chega de nhenhenhem'

Porto Alegre não será uma das sedes da Copa das Confederações. E a culpa é do Inter. O raciocínio é do presidente da CBF e do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo, Ricardo Teixeira. Foi o que ele disse na noite desta quarta-feira para o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto. E não é a pior notícia para os colorados: Teixeira começa a cogitar a Arena do Grêmio como sede para a Copa do Mundo.
Faltou o Inter assinar o contrato com a construtora Andrade Gutierrez, sua parceira nas obras. O clube alegava que isso não seria determinante para a escolha das sedes da Copa das Confederações para a Fifa. Na visão de Teixeira, era, sim, fundamental ter a papelada.
- Ele me falou que não chegou o documento, que não tem garantias e que só um milagre nos salva. Ele me disse: ‘Gaúcho, aqui não tem promessa. O Inter protelou diversas vezes’ – comentou Novelletto.
A Federação Gaúcha de Futebol concorda com o argumento de Teixeira. Discorda do raciocínio do Inter de que a assinatura do contrato não era necessária para receber a Copa das Confederações.
- Como não? O prazo é um ano atrás. O Teixeira me falou: ‘Chega de nhenhenhem, gaúcho’.
Arena do Grêmio é citada
A conversa também serviu para ressuscitar a esperança do Grêmio de receber a Copa do Mundo de 2014. Teixeira deixou claro para Novelletto: se o Inter não se mexer, a Arena, futuro estádio do Tricolor, em construção, é alternativa.
- Ele está preocupado com o Rio Grande do Sul. Disse que tem a Arena como opção. Se o Beira-Rio não andar, tem a Arena. Não precisa ser muito inteligente para concluir isso. Que outro estádio a gente teria?
A situação é preocupante para o Inter. A própria diretoria colorada admite que a opinião de Teixeira é determinante no processo de escolha das sedes. E o dirigente parece ter perdido a paciência com a demora na assinatura do contrato entre o Inter e a Andrade Gutierrez. As obras no Beira-Rio, por causa da pendência, estão paradas há quatro meses.
Nesta quarta-feira, o clube e a construtora estiveram reunidos em São Paulo. O presidente do Inter, Giovanni Luigi, disse a Novelletto que “está tudo redondo” no contrato, mas que a Andrade Gutierrez é fugidia.
Beira-Rio tem apoio oficial
O Grêmio faz pressão política para fortalecer sua Arena. Mas prefeitura de Porto Alegre, governo do Rio Grande do Sul e governo federal tratam o Beira-Rio como sede gaúcha da Copa do Mundo. No dia 7 de outubro, em visita ao estádio do Inter, o ministro do Esporte, Orlando Silva, disse que a Arena do Grêmio não estava no debate para o Mundial. Ele afirmou escutar do Inter que o Gigante estaria reformado dentro de um ano.
A reportagem do GLOBOESPORTE.COM tentou contato, sem sucesso, com o presidente do Inter, Giovanni Luigi, e com o presidente da comissão de obras do Beira-Rio, Luís Anápio Gomes. Nenhum deles atendeu ou retornou as ligações. São os dois principais dirigentes do Inter envolvidos nas reformas do estádio e na assinatura do contrato com a Andrade Gutierrez.