terça-feira, 27 de setembro de 2011

Agora Vai? Giovani Luigi Recebeu Minuta Da Andrade Gutierrez Nesta Terca

Ao meio-dia desta sexta-feira, o presidente do Sport Club Internacional, Giovani Luigi, recebeu um a la minuta da Andrade Gutierrez!

A medida tomada pela construtora foi vista com bons olhos pelo presidente colorado, que justificou:

Luigi descartou a cerveja: "Só tomo batida de banana!"
"A espera é angustiante, mas o pior era esperar de estômago vazio! Agora vai!"

Segundo o presidente colorado, o contrato chega semana que vêm!

19 comentários:

Régis Silveira Pessoa da Silva disse...

HAHAHAHA!!!!!

Ero Aren disse...

HAHAHAHA!!!!!²

luis disse...

JAAAAAAAA OUVI ESTA FRASE " SEMANA QUE VEM " HAAAAAAA 2 ANOS ATRAZ , HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA . CONTRATO LEONINO ne .

ROGÉRIO disse...

DEIXA ELES HEHEHEHEHEHE

Ronaldo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ronaldo disse...

Gostaria de transcrever aqui o absurdo EDITORIAL publicado nesta segunda-feira na Zero Hora.

INTER

Preço da sensatez

Em 20 de outubro, a Fifa anuncia quais serão as seis sedes da Copa das Confederações de 2013, evento-teste para a Copa do Mundo. Porto Alegre, antes favorita, agora corre risco de não ser uma delas por conta da demora da parceria entre o Inter e a construtora Andrade Gutierrez, que continuará a reforma do Beira-Rio. O Inter espera receber esta semana a minuta do contrato de parceria, que aí segue para debate no Conselho Deliberativo.
Caso a Copa das Confederações não venha, a Capital perde um momento de grande exposição internacional a um ano do Mundial – momento em que as seleções estão empenhadas em decidir onde se instalarão, em 2014, para a pré-temporada, por exemplo. Além disso, a competição da Fifa é transmitida para dezenas de países.
Porém, o problema só existe porque o estádio dos gaúchos para a Copa é particular. Tivesse o Estado decidido construir uma arena para o Mundial, o impasse da parceria colorada, comum em relações empresariais, não existiria e o governo estadual poderia garantir o cronograma.
Mas, em vez dos R$ 30 milhões em incentivos fiscais dados ao Beira-Rio, dos combalidos cofres gaúchos teriam de sair pelo menos R$ 500 milhões para um estádio novo – como em Pernambuco, onde nenhum clube sequer se interessou em assumir a nova arena.
Olhando esses números, a tensão em relação à Copa das Confederações vira um custo mais palatável: é o preço da sensatez.

RODRIGO MÜZELL | Editor de Copa


Observem que além da comparação bizarra e fora de contexto com estados que não tem outro estádio particular sendo construído, a matéria coloca que não fosse o Beira-rio, a única forma de Porto Alegre ser sede da Copa seria a construção de um estádio público, ignorando a Arena do Grêmio como se esta simplesmente não existisse. O pior é que isso é um editorial, ou seja, representa, em tese, a opinião do jornal.

Giuliano Vieceli disse...

Ronaldo,

Eu não excluo comentários. Recebi os e-mails dos teus comentários falando do editorial.

Talvez seja porque eles são muito grandes. Tenta dividir em vários comentários pra ver se vai.

Abracos

ROGÉRIO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vini disse...

EU ESTAVA ESCUTANDO A RADIO GAUCHA ONTEM E ESCUTEI UMA OTIMA NOTICIA.
A OBRA DO BEIRA-RIO PODE NÃO ACONTECER FOI TRATADO COM A EMPRESA 290 MILHÕES MAS NÃO TINHA CONTRATO FOI APENAS NO PAPO, SO QUE AGORA SURGIU IMPREVISTOS E A OBRA ESTA AVALIADA EM TORNO DE 350 A 400 MILHÕES E A EMPRESA NÃO ACEITA FAZER E O ONTER NÃO ACEITA PAGAR MAIS POIS RECEBEU O OK DA EMPRESA FINAL DAS CONTASSE A EMPRESA NÃO ACEITAR O VALOR NÃO TEM OBRA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

gugui disse...

pura inveja o deles näo sai do papel

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Pior que tem uma deputadazinha federal do PCdoB, que só enxerga aquele aterro do rio Guaíba. Pior que a "juventude" dela é perigosa. Ela vai ficar chorando até conseguir.

Tiago D'Arrigo Gama disse...

Por que não respondem meus comentários?
Publicados na maioria dos últimos 10 posts.
Eu gostaria de saber algumas respostas.

Abraços

Rafael disse...

Giuliano
Há uns dias visitei o Estádio da Luz, do Benfica, e o Estádio do Dragão, do FCPorto.
Deu pra entender do que estamos falando aqui. Aliás, parece que a nossa Arena será maior do que aquelas, senão em capacidade de público, que será igual mas na área da esplanada.
Outra coisa que deve ficar bem clara: quem defende reformar estádio velho simplesmente não sabe do que está falando.

TV-Online disse...

Agora com a arena aqui na vila vai valorizar mais espero q assim acabe com os roubos de fio e com os roubos de carro acontecem no bairro

luis disse...

GIULIANO : HOJE ENFIM CHEGOUUUUUUU OS "OVOS " DA A ' LAMINUTA AG 69 okkkkkk " , HAAAAAAAAAAAAAAAAA .

Abel Abelha disse...

Olá... Sou novo por aqui, não sei se é pertinente perguntar, mas só para um esclarecimento pessoal, de quanto foi a isenção fiscal concedida ao remendo do estádio da Beira do Lago e a construção da Arena? O terreno da Arena chegou a ser realmente doado? O Grêmio chegou a conseguir realmente a isenção fiscal? Pergunto por que li essa matéria antiga e não encontrei nada mais atualizado... http://esportes.terra.com.br/futebol/brasil2014/noticias/0,,OI4855901-EI10545,00-Lula+veta+isencao+fiscal+para+CTs+da+Copa+diz+jornal.html
“O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, vetou a isenção fiscal aos estádios que servirão de treinamento na Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A informação é do jornal Folha de S. Paulo, que afirma que a medida já gerou reclamações em cidades como Porto Alegre. O Grêmio, por exemplo, contava com o benefício para a construção de sua nova arena, que pode sediar a Copa das Confederações de 2013 e servirá para treinos no evento do ano seguinte. Secretário extraordinário da capital gaúcha para o Mundial, Ricardo Gothe falou até em iniciar uma movimentação no Congresso para mudar a decisão de Lula.”
Essa matéria foi posterior a isenção fiscal que foi aprovada na câmara, que era de 30 milhões para ambos, depois não encontrei mais nada referente ao assunto... Desculpa se esse espaço não é para essa finalidade, é que entro aqui pela primeira vez, e estou ignorante nesse assunto, se alguém puder esclarecer a minha duvida e se puder me passar alguma fonte fico muito agradecido...
Abraço e saudações tricolores..

Giuliano Vieceli disse...

Abel,

O Grêmio conseguiu as isenções municipais e estaduais! As isenções federais só o Internacional conseguiu!

ROGÉRIO disse...

QUANTA INVEJA DESSES GREMISTINHAS!!!

Abel Abelha disse...

Por Alexandre Alliatti Porto Alegre

Teixeira avisa Federação Gaúcha: Copa pode ser na Arena do Grêmio
Teixeira oficializa ausência de Porto Alegre da Copa das Confederações e faz alerta ao Inter: 'Chega de nhenhenhem'

Porto Alegre não será uma das sedes da Copa das Confederações. E a culpa é do Inter. O raciocínio é do presidente da CBF e do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo, Ricardo Teixeira. Foi o que ele disse na noite desta quarta-feira para o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto. E não é a pior notícia para os colorados: Teixeira começa a cogitar a Arena do Grêmio como sede para a Copa do Mundo.
Faltou o Inter assinar o contrato com a construtora Andrade Gutierrez, sua parceira nas obras. O clube alegava que isso não seria determinante para a escolha das sedes da Copa das Confederações para a Fifa. Na visão de Teixeira, era, sim, fundamental ter a papelada.
- Ele me falou que não chegou o documento, que não tem garantias e que só um milagre nos salva. Ele me disse: ‘Gaúcho, aqui não tem promessa. O Inter protelou diversas vezes’ – comentou Novelletto.
A Federação Gaúcha de Futebol concorda com o argumento de Teixeira. Discorda do raciocínio do Inter de que a assinatura do contrato não era necessária para receber a Copa das Confederações.
- Como não? O prazo é um ano atrás. O Teixeira me falou: ‘Chega de nhenhenhem, gaúcho’.
Arena do Grêmio é citada
A conversa também serviu para ressuscitar a esperança do Grêmio de receber a Copa do Mundo de 2014. Teixeira deixou claro para Novelletto: se o Inter não se mexer, a Arena, futuro estádio do Tricolor, em construção, é alternativa.
- Ele está preocupado com o Rio Grande do Sul. Disse que tem a Arena como opção. Se o Beira-Rio não andar, tem a Arena. Não precisa ser muito inteligente para concluir isso. Que outro estádio a gente teria?
A situação é preocupante para o Inter. A própria diretoria colorada admite que a opinião de Teixeira é determinante no processo de escolha das sedes. E o dirigente parece ter perdido a paciência com a demora na assinatura do contrato entre o Inter e a Andrade Gutierrez. As obras no Beira-Rio, por causa da pendência, estão paradas há quatro meses.
Nesta quarta-feira, o clube e a construtora estiveram reunidos em São Paulo. O presidente do Inter, Giovanni Luigi, disse a Novelletto que “está tudo redondo” no contrato, mas que a Andrade Gutierrez é fugidia.
Beira-Rio tem apoio oficial
O Grêmio faz pressão política para fortalecer sua Arena. Mas prefeitura de Porto Alegre, governo do Rio Grande do Sul e governo federal tratam o Beira-Rio como sede gaúcha da Copa do Mundo. No dia 7 de outubro, em visita ao estádio do Inter, o ministro do Esporte, Orlando Silva, disse que a Arena do Grêmio não estava no debate para o Mundial. Ele afirmou escutar do Inter que o Gigante estaria reformado dentro de um ano.
A reportagem do GLOBOESPORTE.COM tentou contato, sem sucesso, com o presidente do Inter, Giovanni Luigi, e com o presidente da comissão de obras do Beira-Rio, Luís Anápio Gomes. Nenhum deles atendeu ou retornou as ligações. São os dois principais dirigentes do Inter envolvidos nas reformas do estádio e na assinatura do contrato com a Andrade Gutierrez.