terça-feira, 18 de novembro de 2008

Esclarecendo Mentiras Sobre o Projeto Arena

Como todos sabem, sou um defensor do projeto arena. Portanto, me sinto no dever de INFORMAR a todos e esclarecer algumas MENTIRAS que estão sendo espalhadas por aí.

Dizem que existe uma corrente forte contra a arena no Conselho Deliberativo, que o projeto não sairá, que este será uma nova ISL e que se ele sair, os sócios vão acabar, pois todos, além da mensalidade, teriam que pagar ingresso.

Isso tudo é MENTIRA.

Vamos aos esclarecimentos:

1 - Não existe nenhuma corrente forte contra a arena. O número de pessoas que são contra a arena é reduzido, mas que conseguem espaço graças a boatos FALSOS e tentativas de gerar polêmica perante os torcedores;

2 - O projeto tem grandes chances de sair, uma vez que conta com o apoio do Raul Régis de Freitas Lima (presidente do CD), do Fábio Koff, do Paulo Odone, etc;

3 - Não existe a MENOR possibilidade de um novo caso ISL ocorrer... São contratos COMPLETAMENTE diferentes, o clube está se cercando de TODAS as garantias e não corre risco NENHUM de sair prejudicado;

Por último, quero esclarecer a questão dos sócios:

É sabido que todo o subsídio que o Grêmio der (desconto parcial ou total) para que estes entrem nos jogos deverá ser indenizado para a Arena, ou seja, se a entrada de um sócio custasse R$ 60, o CLUBE precisaria desembolsar R$ 21 reais (35% do valor do ingresso) para custear a entrada deste sócio no estádio (ou seja, para que ele mantenha o direito de entrar gratuitamente), uma vez que este é o percentual de participação da OAS na parceria.

Além disso, os preços atuais dos ingressos poderão ser mantidos (menos nos setores de cadeiras Vips e camarotes). O preço que será cobrado nestes setores é o que permitirá a MANUTENÇÃO dos valores ATUAIS dos ingressos.

Outra informação é que o valor da mensalidade será definido pelo Grêmio, mas não foi sequer discutido ainda.

E só para não deixar passar em branco, vale lembrar também a PROMESSA de campanha do nosso novo presidente, Duda Kroeff:

"3) A FUTURA ARENA: Apoio total a construção da nova casa. Maior, mais moderna e confortável, nossa nova casa será um estádio auto-sustentável e gerará importantes recursos extras ao clube. A Arena será o mais moderno estádio do Brasil e grande atração turística da cidade, colocando o Grêmio no patamar dos clubes mais estruturados do mundo."

Como homem honrado que é, certamente ele cumprirá esta promessa, não tenho dúvidas.

9 comentários:

Eduardo disse...

Serão verdadeiros os comentários de que serão feitas grandes alterações no contrato com a OAS, ocasionando adiamento na aprovação do mesmo pelo Conselho?

Glenio disse...

A conissão do conselho para a arena tinha prazo até ontem para fazer seu parecer. Já deve estar pronto. O conselho se reunirá logo para votar este parecer, a criação da GE e logo em seguida a assinatura dos contratos.

Eduardo disse...

Não deve-se levar a sério o que escreve o Sr. Hiltor Mombach, pois ele parece ser um porta voz do Grêmio Acima de Tudo, que sabidamente não quer a Arena. Gostaria de saber por que ele não comenta nada sobre o Projeto Beira Rio? Ele deveria usar a reportagem do Correio do Povo para se informar, por exemplo, quanto custará a reforma? De onde virão os recursos? Qual o valor de avaliação do terreno dos Eucaliptos? O Projeto Gigante Para Sempre, como está divulgado no site do Internacional, com Centro Cultural, Quadras de Escolas de Samba, Hotel, Centro Médico, Edifícios Garagem, Marina, além de Reforma do Próprio Estádio e do Gigantinho custará muito mais que o Projeto Arena. Estranho que ninguém comenta isto na imprensa.

Anônimo disse...

Por que vocês não assumem que o sócio vai ter que pagar pra entrar na arena?
Pra que esconder esse fato do associado?
E os proprietários de cadeiras? Também vão pagar e vocês silenciam. E os locatários que já pagaram? Terão seus valores devolvidos?

Anônimo disse...

Pessoal: encontrei o Antonini na rua e, me apresentando na condição de sócio do clube, o questionei sobre a questão dos sócios na Arena.

Extremamente simpático e solícito, a resposta que ele deu confirma o que o Giuliano posta aqui, de que a entrada do sócio será subsidiada pelo Grêmio na proporção do percentual exigido pelo investidor. Ou seja, o sócio que atualmente tem livre acesso ao Olímpico o continuará tendo na Arena.

Como bem disseram no post anterior, tem muito boato por aí; pois tem muita gente que não quer a Arena de jeito nenhum!

Anônimo disse...

Quanto que a "bancada do cimento" vai levar das "empreiteiras premiadas" para mais uma alteração no plano diretor, viabilizando a construção de espigões de 20 pavimentos, ou mais,nas área do Humaitá, beira-rio e eucaliptos??? Já pensaram nisto futebolistas???

Anônimo disse...

Tem razão!

Nos blogs anti-arena por aí, o pessoal faz muito barulho, mas são sempre a mesma meia dúzia de xiitas, e todos sabem que cão que ladra não morde...

Só gostaria de saber se o tal movimento anti-arena tem influência no conselho. Até onde sei, não, mas fica aí a dúvida.

Abraço.

Anônimo disse...

Blog do Sergio Boaz (Rádio Gaucha):

Quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Política

O presidente eleito Duda Kroeff está sendo pressionado a excluir do conselho que irá gerir a construção da Arena, um dos principais incentivadores do projeto. Eduardo Antonini, revelou-se um dirigente com idéias avançadas, trabalhador e sério, contudo, cometeu o pecado MORTAL de não ser do mesmo grupo que ajudou a eleger Duda e, agora, é claro, por picuinhas políticas e pura inveja está sofrendo ataques desproporcionais.Com a palavra Duda Kroeff:irá dirigir o clube com pessoas competentes ou dará vazão a um grupo de radicais que se acham donos do Grêmio e colocam seus interesses pessoais e dos amigos acima de tudo? Duda , é bom que se diga é uma pessoa de fino trato.

http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=&local=&template=3948.dwt&section=Blogs&post=124235&blog=587&coldir=1&topo=3994.dwt

Fernando disse...

Galera, eu realmente não entendo, porque uma arena que tenha 53 mil lugares? não acham muito pouco? e já que virá uma copa do mundo, a arena, se sair, deveria ter uns 65 mil ou mais.... acredito que com ajustes no trem, atingindo mais pessoas entorno da grande porto alegre, acredito que o publico iria aumentar com certeza, e estamos falando do grêmio, um time que fica com a média de público quase parelha com flamengo (digo isso pq o flamengo conta com o maracanã) então acho que se tivessemos a arena perto do trem, e não dependessemos apenas de ônibus, a público iria aumentar gradativamente, se claro, esse for o único problema de se fazer um mega-estádio... se não for, então qual é? na real, se é para fazer um outro estádio, então que seja bem feito, quanto vão gastar na obra? façam algo que fique a altura do clube, e publico, o grêmio dá exemplo para outras torcidas com estádios maiores, acho que essa questão, e mais que os colegas levantaram, acho que prejudicam o projeto, e precisamos abrir bem os olhos para essa "parceria" com a OAS, depois da ISL todos sabemos que é bom abrir os olhos e desconfiar de qualquer proposta milagrosa.