sexta-feira, 15 de março de 2013

Desenhando Será Que Entendem?

Este gráfico mostra em linhas gerais como funciona a estrutura financeira do negócio envolvendo Grêmio e OAS. 

9 comentários:

Rogério Penna disse...

Vou fazer o primeiro comentário. Se fosse um blog desinformativo, como vários por aí, falando bobagens como todo dinheiro do quadro social indo parar na OAS e coisas do tipo, aposto que a postagem já tinha mais de 1500 comentários.

Uirá Costa disse...

Cara, tenho lido cada bobagem. E agora que o Koff faz de tudo para desqualificar o negócio então... Será que as pessoas não entendem que o valor pago pelo Grêmio pelos lugares dos sócios só vale para este ano e de qualquer forma volta para o clube pelo menos parcialmente?

Taxi Cidreira-RS disse...

boa tarde

acho estranho este pessoal da atual diretoria do gremio esta falando que o gremio esta perdendo dinheiro com uma arena ultra moderna. Pois me pergunto aonde estavam estes dinossauros quando o presidente odone assumiu o gremio com seis jogadores e totalmente quebrado. Agora vem esta corja de usurpadores falar que o gremio pode ter problemas financeiros. Tera se eles continuarem a proclamar aos 4 ventos.

Andre Motta disse...

Bons comentário! Hoje em dia as pessoas são propagadoras de. Informação, mas sem nenhum critério, não avaliam fontes, não raciocinam sobre a coerencia, nem se quer pensam um pouco, é lastimável. Todos os especialistas são unânimes em afirmar que esse modelo de negócios é o mais lucrativo, não foi preciso se descapilatizar no curto prazo para termos um estádio novo e moderno a nossa disposição. A direção atual precisa entender que quando se pronuncia o faz em nome da instituição Grêmio e não tem o direito de depreciar o clube com comentários pessoais e sem fundamento. Que critiquem nos bastidores e na cara de quem fez, não publicamente destruindo a sua propria imagem! A Arena foi um excelente negócio, o nico erro foi inaugurar antes de estar pronta.

José Azevedo disse...

Pergunta: a divisão do lucro líquido se dá desde agora ou apenas depois de quitado o custo do estádio e financiamentos tomados pela OAS?

Juliano disse...

Resposta: O custo do estádio esta incluso nas "despesas" então a divisão acontece depois disto. Já em relação aos financiamentos da OAS isto é um custo de responsabilidade dela e é por isto que ela fica com 35% do lucro líquido!

lgns disse...

O gráfico explica tudo muito bem!Mas ele não confirma que o negócio é bom para o Grêmio!É preciso haver MUITO lucro para que o Grêmio tenha vantajem!Os calculos que afirmavam que o negócio era rentável,se baseava em uma arena com 40 mil pessoas por jogo,algo que não está acontecendo e que difícilmente irá acontecer!

Thiago Silva disse...

DEPRECIAÇÃO? COMO ASSIM, DEPRECIAÇÃO?

O Grêmio vai ter que PAGAR à OAS pela perda de valor da Arena em razão da passagem do tempo? (Isso é que é depreciação).

Já vai ser descontado o valor da MANUTENÇÃO, então... depreciação?

E como vai ser calculada essa depreciação? QUANTO isso vai custar ao Grêmio??

CADÊ A TRANSPARÊNCIA??

Thiago Dihl Perin disse...

Penso o mesmo que o Thiago Silva. As despesas pagas com receitas da Arena não ficaram claras. No fim dessas contas os 65% que sobram pro Grêmio podem ser uma miséria. E quanto aos 35% da OAS... eles já não tem uma boa participação na superficiária?