terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Reunião Com Dr. Adalberto Preis

Em primeiro lugar, gostaria de pedir desculpas aos leitores do blog por estar postando somente agora, mas tempo livre tem sido um artigo raro para mim ultimamente. Feito o esclarecimento, vamos ao que interessa.

No último sábado, dia 28/11, mais de 60 pessoas compareceram ao encontro do Dr. Adalberto Preis com os torcedores interessados no projeto do novo estádio tricolor, promovido pela comunidade Grêmio Arena.

O evento teve mais de duas horas de duração, onde o Dr. Preis mostrou novas imagens do projeto, divulgou informações a respeito do andamento do projeto e respondeu, como de costume, a todas as perguntas feitas pelos torcedores presentes.

Colocarei as novidades e reafirmações em tópicos, de forma que o texto não fique muito extenso:

Avaliação do terreno da Azenha: na primeira avaliação (que foi feita antes da definição dos índices construtivos da área do Olímpico) o terreno estava avaliado em R$ 80 milhões. Porém, dentro de aproximadamente 15 dias deve ser divulgado o resultado da nova avaliação.

Início das obras: está previsto para o meio do ano que vem

Receitas: a OAS prevê que já no primeiro ano o Grêmio obtenha uma receita de aproximadamente R$ 12 milhões com o novo estádio. (R$ 7 milhões fixos + R$ 5 milhões referentes ao lucro líquido da arena no período)

Site: está pronto, só não foi lançado ainda pois o clube espera a colocação das novas imagens do projeto.

Hasteamento da bandeira tricolor no terreno do Humaitá: a previsão é de que ela ocorra no dia 10/12. A idéia anterior era de fazer o hasteamento no dia 28/11, mas devido ao Campeonato Brasileiro optou-se por tranferir o evento para depois do final da competição.

Empresas: faz tempo que as empresas estão constituídas e registradas na Junta Comercial, ao contrário do que vinha sendo divulgado erroneamente por alguns blogs.

Treinamentos na arena: assim como ocorre hoje no Olímpico, os treinos dentro da arena serão eventuais. Normalmente eles ocorrerão no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul. Porém, cogita-se a aquisição de uma área no outro lado da Freeway - de no mínimo 5 hectares - para a construção de um local para treinamentos.

Capacidade: será de aproximadamente 53 mil com todas as cadeiras e com pouco mais de 58 mil quando forem retiradas as cadeiras da área da geral. A colocação de cadeiras removíveis atrás das duas goleiras está sendo estudada (atualmente fica atrás de apenas uma das goleiras).

Altura: a arena terá uma altura total de 59 metros.

Cobertura: o visual da cobertura ainda não está definido.

Mudança no contrato: o contrato original não previa a supervisão das obras. Porém, a OAS aceitou que o Grêmio contratasse uma empresa especializada para acompanhar o andamento da construção do novo estádio.

Assim que tiver mais tempo vou postar as fotos da reunião e outras informações.

5 comentários:

entre em contato conosco! disse...

Giuliano, eu fui na reunião, se precisar de algumas imagens tem umas 15 no meu orkut...

é só colocar Lip Fischer na caixa de busca...

Parabéns pelo blog e pela reunião!

ou entre em contato : fischer.f@ig.com.br

Rogerrs disse...

Infelizmente não pude ir(peguei uma gripe mto forte), mesmo depois de confirmar aqui e por isso peço desculpas.
Parabéns pelo site, traz as informações que o torcedor quer saber e principalmente, não são originadas da imprensa vermelha.

claudio disse...

Não dá para acreditar; estadio com 59.00 metros de altura.

MARCELO disse...

Só para um comparativo, qual a altura do Olímpico?

Ezequiel disse...

Cara, a questão dos sócios patrimoniais e donos de cadeiras ainda não ficou bem clara.

Ele falou alguma coisa referente a isso novamente?