sábado, 11 de julho de 2009

Carta Enviada Ao Wianey Carlet

Caro Wianey

Como moderador da comunidade do orkut Grêmio Arena, me atrevo a tecer algumas considerações a respeito das dúvidas levantadas pelo conselheiro Marco Antônio Souza.

A comunidade Grêmio Arena vem mantendo contato regular com Grêmio, antes com o vice-presidente Antonini e agora com o presidente do Grêmio Empreendimentos Dr. Adalberto Preis. Nossos contatos e reuniões são para dirimir dúvidas para toda torcida, levar sugestões (algumas foram bem aceitas) e manifestar o nosso apoio de entusiastas inclusive nos colocando à disposição do clube se assim for necessário.

Então vamos às questões:

Em nenhum momento o Grêmio pagará “aluguel” na arena. Na estruturação do negócio, o Grêmio, enquanto a dívida da OAS com o BNDES estiver sendo amortizada, terá pleno uso do equipamento, receberá 7 milhões anos reajustáveis e 100 porcento da receita líquida se houver. Portanto, como podes ver, não há aluguel e nem pagamento algum por parte do Grêmio neste período. A receita dos 7 milhões é fixa e independe do resultado da arena neste período, sendo ela equivalente ao que se arrecada hoje no olímpico, não havendo perda alguma para o Grêmio.

Quanto à comparação patrimonial entre os dois clubes, acho estranha a manifestação do conselheiro. Receberemos um equipamento de ponta, moderno, multiuso, com menos custos de manutenção, em uma área equivalente do Olímpico, com a plena propriedade em 20 anos, como qualquer mortal que compra o seu imóvel financiado no SFH e aliena fiduciariamente sua dívida no imóvel. Como poderia eu comparar uma bela reforma em uma kombi 69 com um Mercedez 2012?

Quanto à questão de transparência, também acho estranha a manifestação. Quando da apresentação das propostas ao conselho em novembro de 2007, as mesmas ficaram à disposição dos conselheiros para análise, mas menos de 100 conselheiros fizeram esta verificação. O Antonini sempre esteve à disposição dos conselheiros e sócios para explicar o processo e recentemente, em um sábado no olímpico, o Dr. Preis, na conversa da direção com os sócios, respondeu exaustivamente às perguntas e questões levantadas por estes. Nós somos testemunhas vivas desta transparência ao sermos sempre muito bem recebidos por Antonini e Preis. Estranha esta manifestação, muito estranha.

Quanto aos riscos. É verdade que a crise mudou as visões de negócio existentes antes dela, o próprio projeto arena foi modificado após o furação do ano passado, mas quais os riscos então? O Grêmio não será tomador de nenhum empréstimo ou financiamento, não entregará o seu patrimônio atual, o Olímpico, sem que antes haja a entrega da Arena, concluída e com todos os equipamentos. Qual o risco então? O risco de uma enorme desilusão tão somente. O conselheiro fala em “uma simples aquisição de um estádio pronto”. Simples?

É tão simples que ninguém o fez ainda, destituindo de seriedade o autor da frase. Também diz que não sabe quanto o Grêmio pagará durante os 20 anos. Aqui temos que abrir um parêntese para definirmos este “pagamento”. Durante o pagamento da dívida, que pode durar de 7 a 9 anos, o Grêmio receberá 7 milhões fixos reajustáveis mais 100 porcento da receita liquida e, após este período, o valor fixo passa para 14 milhões ano e 65 porcento da receita líquida.

Ora, em ambos cenários o Grêmio terá uma receita maior que a que obtém hoje com o Olímpico e receberá ainda um patrimônio novo como já falei antes. Quem está pagando a quem neste caso? O Grêmio que arrecada menos como o estádio atual que possui valor menor à arena que receberá ou a OAS que para lucrar com os seus empreendimentos no entorno banca a maior parte da construção? Como eu poderei aferir com certeza os valores percentuais quem ambos receberão da receita da arena, sem que esta esteja balizada em situação futura, feita em cenários diferentes, mas em todos com obtenção de lucro? Mais uma vez temo pela seriedade do conselheiro.

Quanto aos valores imobiliários, temos a informação de avaliação do Olímpico em 80 milhões, porém agravado com o futuro custo de uma demolição. Será que alguém da “oposição à arena” já parou para pensar o quanto custa para demolir um estádio como o Olímpico que é uma montanha de concreto? Porém o valor da arena eu sei que será superior a 300 milhões. Não seria uma troca patrimonial vantajosa? É verdade que o valor do terreno do Olímpico terá uma avaliação superior em virtude do aumento dos índices construtivos, mas também o terreno do Humaitá terá a mesma valorização pelos mesmos motivos. Qual o problema? Ainda mais se pensarmos que o empreendimento no bairro proporcionará mais valor agregado ao terreno.

A questão da desoneração. Tirando o apelo burlesco das palavras do conselheiro, ficamos com os fatos. As dívidas que oneram o Olímpico já existem, não estão sendo criadas em função da arena, onde inclusive o Grêmio não está aportando dinheiro algum. Portanto, a desoneração do terreno do Olímpico deveria ocorrer de qualquer maneira a não ser que o nobre conselheiro estive com a intenção de dar o calote, elevando o nome do Grêmio tão decantado em suas linhas, ao limbo dos caloteiros.

O processo de desoneração está acontecendo normalmente e o Grêmio tem prazo para fazê-lo até à entrega da arena, em torno de 3 anos, qualquer coisa em contrário é mera especulação e a cláusula das verbas de televisão é mera garantia para o negócio, podendo o Grêmio inclusive proceder em uma troca de garantia com os credores atuais. O conselheiro, uma mãe Diná por certo, já afirma que jovens promessas serão vendidas, verbas serão comprometidas, dirigentes serão presos, etc.

Só nos resta fugirmos para as colinas e esperarmos resignadamente o juízo final. Esquece o nobre, que justamente a arena será a responsável por um aporte de recursos que não possuímos hoje, uma diminuição extraordinária de custos, isto tudo avalizado pela Fundação Getúlio Vargas e não em um escritório de contador localizado em uma galeria da cidade.

Diz o conselheiro que “A construção da Arena não aponta para qualquer indicativo de solução para os graves problemas que o Grêmio hoje enfrenta”. Baseado em quais cálculos, conselheiro? No seu achômetro? Há quem dissesse uma vez que o uso do som nos cinemas não iria vingar, porque tiraria o charme dos filmes mudos....fico pensando se não era algum antepassado seu.

O conselheiro pergunta por que não se recupera o Olímpico e se faça ali um empreendimento com shoppings e centro empresarial. Ora, conselheiro, creio que o senhor não freqüente as reuniões do conselho, pois lá já foi exaustivamente explicado que uma reforma é inviável financeiramente por seus custos elevados, sendo maiores que a construção de um estádio novo. Quem bancaria este custo se o senhor mesmo informou que estamos endividadas e não podemos abrir mão das verbas do futebol? Que milagre é esse? Por favor........

O padrão Fifa. Serei rápido aqui. Veja bem conselheiro, o padrão Fifa não é perseguido para se sediar jogos da copa do mundo, mas para termos um estádio qualificado enquanto ele durar, entendeu?

Questão ISL. Esta é uma leviandade do conselheiro, pois são questões completamente diferentes onde a ISL tinha participação no futebol, era credora de recursos aportados, não envolvendo em patrimônio imobiliário. A parceria com a OAS, não envolve situação de dívida. O Grêmio não deverá nada à OAS, essa terá somente uma participação temporária na receita da Arena, sejam elas quais forem, baixas ou altas. Argumentos falaciosos, tão somente, como se toda a decisão unânime daqui para frente seja algo ruim para o clube e isso esteja à sombra da ISL.

Com relação ao fundo social. Como o senhor gosta de fazer perguntas ao sócio, farei uma para o senhor. O que seria melhor para o sócio patrimonial, um patrimônio de valore menor, onerado por dívidas ou um novo patrimônio com valor superior e desonerado em 20 anos? Interessante que o conselheiro advoga e julga juridicamente a questão. O que dizem os nossos magistrados à respeito?

Parecer da comissão de patrimônio. Aqui o conselheiro vai além, distorce a verdade. As comissões do conselho são representativas de todas as facções do Grêmio, portanto não há parcialidade política. Os pareceres apontaram necessidade de alterações nos contratos, mas não se posicionaram contra o negócio.

O próprio trabalho da Fundação Getúlio Vargas, apoiado pelo presidente Odone à época, ajudou nestes pareceres. Correções foram feitas nos contratos e as verbas fixas, durante os 20 anos, trouxeram segurança ao negócio, ao contrário do que prega o conselheiro, independentemente se estaremos em libertadores ou participando de finais. O conselheiro diz: “Ou seja, fora do cenário ótimo (praticamente impossível de ser cumprido) a construção da Arena trará prejuízos ao Grêmio. Palavras da FGV.” Desculpe-me conselheiro, mas isso é uma enorme falácia como já demonstrei antes.

Ipiranga de Erechim e Cidreira. Não seja simplista, conselheiro. Não se constrói títulos somente com patrimônio, mas também com torcida (Ipiranga e Cidreira têm?), com boa administração e bom plantel, mas que a construção de estádios em GRANDES clubes, impulsiona os títulos, não tem como negar, estão aí os exemplos do co-irmão, do Atlético Paranaense e de nós mesmos após a conclusão do Olímpico Monumental, ou será que estou enganado? O senhor fala que a prioridade é sanar suas finanças, então eu lhe pergunto: Construir uma arena que trará mais recursos e diminuirá os custos não é uma excelente forma de atingir estes objetivos prioritários?

Por fim, respondo às quatro perguntas.

1) Meu imóvel não é passível de uma simples reforma, está onerado em dívidas e não pagarei financiamento algum por este apartamento de luxo no Humaitá. Quem não fizesse a troca não moraria em nenhum dos dois imóveis, mas no hospital psiquiátrico São Pedro.

2) Eu sei quanto custa. Custa o meu imóvel velho que alguém terá o custo de demolir em detrimento de um apartamento que vale no mínimo quatro vezes mais.

3) Essa avaliação já foi feita, mas salta aos olhos a diferença entre um fusca e um vectra.

4) Como já falei antes, o custo é muito inferior ao patrimônio que receberei. Se o conselheiro tiver um negócio destes a me oferecer, quero me manifestar aqui como o primeiro interessado.

Wianey, como podes verificar, não houve a mínima dúvida em minhas respostas. Há interesses muito acima do clube envolvidos nesta questão. Espero que no mínimo estes senhores aceitem os bons ventos democráticos do clube e cerrem fileiras pelo clube, caso contrário, aconselho a estes, os bons ares do bairro Menino Deus, mais próximo do rio.

Abraços

Glenio Costa de Mello
Moderador da comunidade Grêmio Arena no Orkut
Sócio do Grêmio

56 comentários:

Anônimo disse...

Glenio, segundo escutei de conselheiros do proprio gremio, o custo para demolicao do Olimpico seria de pelo menos 30 milhoes de reais, em projecao conservadora.

Anônimo disse...

Glenio, sugiro que envie tua esclarecedora carta tambem ao Vidarte, pois o mesmo igualmente publicou a carta do conselheiro Marco A. Souza a pedido da "turma" em http://www.vidartereporter.com.br/

Anônimo disse...

Parabens pelos esclarecimentos a respeito da nossa Arena, eu que sou apenas torcedor e apaixonado por este clube e estou empolgadíssemo com este projeto , vejo claramente que trata-se de um PROJETO SÉRIO conduzido por pessoas SÉRIAS e MUITO COMPETENTES , um projeto MUITO BEM ENCAMINHADO em todos aspectos.
No mínimo este conselheiro é um daqueles que estava sempre ausente à aquelas reuniões do conselho, que foram determinantes para aprovação da Arena, ou simplesmente quer aparecer, não sabe NADA sobre o projeto.

Anônimo disse...

E não me surpreende que isto fora publicado no blog do moranguíssemo Wianey!!

Anônimo disse...

Por que será que o Wianey está se doendo pela Arena, se ele mesmo publicou recentemente que o estádio p/copa é o remendão pra sempre? É claro que ele sabe o quanto a Arena será importante para o Grêmio nos próximos anos, e que não se resume apenas a dois ou tres joguinhos de copa!

Anônimo disse...

É impressionante como esse dirigente e o colunista, conseguiram aterrorizar os ingênuos e alienados gremistas que comentaram lá no blog do colunista suspeito. Será que não seria hora mesmo de o Grêmio divulgar de modo mais acessível e direto os detalhes de tudo que envolve este magnífico projeto antes que consigam fazer uma grande mobilização para atrapalhar o projeto?

André disse...

Duvido que o vagabundo vermelho do Wianey vá dar publicidade a essa resposta. Aguardemos

Anônimo disse...

Comentei lá no blog do Wianey, criticando o pessimismo e as distorções do dirigente e a ingenuidade dos gremistas que estavam apavorados, advinha se meu comentário foi liberado? claro que não. Ainda indiquei este blog para eles se atualizarem melhor. Aí mesmo, nem chance!
Persebe-se que a torcida, em geral, realmente não está apar do projeto, o Grêmio precisa publicar urgente estes esclarecimentos, pois infelizmente muita gente desconhece este blog, ou não procura esclarecimentos, pois há varios blogs sobre a Arena, mas parecem "bitolados" na mídia limitada, pessimista, mal intencionada e viciosa.

Glenio disse...

Enviei texto para o Wianey e o Vidarte. Para o Hiltor não me dou o trabalho. É bom que a torcida saiba que existe um plano de desestabilização do projeto arena por parte de "gremistas", por mera questão de vaidades. Este grupo costuma se encontrar semanalmente do restaurante Copacabana.

Anônimo disse...

Só ediota ou mal intencionado pode dizer que o Olimpico dá prejuizo, por ter um custo de manutenção e operacional elevado. Nos jogos do estadio olimpico no ano de 2008 teve um faturamento com o jogos em torno de 30.000.000,00, sendo que o seu custo operacional não chegou a 300.000,00 por mes.Estadio este que foi deteriorado a partir de 2005, já com a previsão de se fazer um estudo de uma nova arena:Palavras de um diretor de patrimonio do Gremio; que agora estão começando a revitalizar em parceria com uma fabrica de tintas que doara a tinta em troca de propaganda no estadio.O custo de manutenção e operacional sera feito pela OAS dona da arena por 20anos que repassará a gremio empreendimentos LARANJA do gremio, que tambem terá custo operacional grande: funcionarios,midia etc, para vender os produtos da arena;
ex. camarotes e cadeiras na ala vip.Acho que o gremio não vai dar o calote nos locadores de camarotes e os proprietario de cadeiras do olimpico que será de um grande custo.

Giuliano Vieceli disse...

Então quer dizer que ano passado o clube teve um lucro de aproximadamente R$ 26 milhões com o Olímpico?

Senão vejamos: 300.000 x 12 = R$ 3,6 milhões

30 milhões - 3,6 milhões = 26,4 milhões

Incrível..

Outra:

"Estadio este que foi deteriorado a partir de 2005, já com a previsão de se fazer um estudo de uma nova arena:Palavras de um diretor de patrimonio do Gremio; que agora estão começando a revitalizar em parceria com uma fabrica de tintas que doara a tinta em troca de propaganda no estadio."

Pintar estádio não é reforma.

Anônimo disse...

Sem duvida Glenio: a vaidosa "turma" do fogo amigo se encontra semanalmente no copacabana.

Anônimo disse...

Não troco minha kombi 69 que muitas alegrias me deu por, por uma mercedes 2012, que ainda esta em fase de maquete,e sem o licenciamento para trafegar que pagarei um aluguel de locação por 20 anos, trafegando numa estrada de passado nebuloso (LIXÂO) que corre o risco de atolar na mesma, sendo que sua estrutura não se sabe se vai durar os 20 anos.

Glenio disse...

Ora, se não sabes a vida útil da nova arena, és mais um desinformado à desfilar pela avenida atraso.

Anônimo disse...

Atraso e informar para os gremistas uma maquete de uma obra que vai começar no dia de não sei quando e terminar no dia de são NUNCA.
Adoradores de maquete, já fazem 4 anos que apresentam maquetes e sempre a ultima que é mais bonita.

Anônimo disse...

Bando de trouchas, quero ver onde vcs vão estar depois da Arena pronta! Corneteiros, medrosos, se contentam com pouco, nem parecem Gremistas!!

Anônimo disse...

Qualquer um que frequenta o Olimpico vê que está ultrapassado, que não vale a pena remendar, alias o remendão é previlégio de monocopa.
O Olimpico deu o que tinha que dar, arquibancadas com degraus tão baixos, agente senta no intervalo e os joelhos vem na cabeça, concretão gelado, em algumas partes prece "rampinhas mal feitas" nem degrau tem SEM CONCERTO!!

Anônimo disse...

As copas (barzinhos) que horror, parecem sala de torturas vietnamitas, até alagadas são, setores no estadio muito longe do campo. Nossa torcida é única e inimitável, precisa estar mais próxima possível do campo. PRESSÃO TOTAL SEMPRE!!!

Anônimo disse...

Alias como é um projeto de 1º mundo; NA ARENA OAS EM CIMA DO LIXÃO quando da compra do ingresso do torcedor virá junto um KIT de objetos para a comodidade dos mesmos.
Jogos diurnos: ingresso mais um frasco de spray BOM AR
Jogos noturnos no outono e inverno:
Ingresso mais frasco de spray BOM AR, uma caixinha de BOA-NOITE e um CAPACETE COM UMA VISEIRA A ENXERGAR ATRAVES DA CERRAÇÃO.
Está ultima ainda tem que inventar.

Se este projeto não der certo, sugiro que entrem em parceria com a SULGAS que é logo ali do outro lado do GRAVATAI para fazer a exploração de gás do lixão embaixo do terreno que seria a arena da OBRAS ARRANJADAS PELO SOGRO.

Anônimo disse...

Sem contar que a Arena deverá caber aprox 60.000 fanáticos imortais em uma decisão, que é onde estamos sempre, a cada ano. No Olimpico no max cabem 42.000. O jogo contra o cruzeiro foi mais um exemplo de que nossa grande torcida, a SEXTA maior do país, está precisando e merecendo uma casa muito melhor!!

Anônimo disse...

Da lhe Arena o resto é ELEFANTE BRANCO e vermelho!!
hahahahahahahhhahha!!

Anônimo disse...

O que afunda é ATERRO, BANHADO, BEIRA DE RIO....
Me diz moranguinho, como fazem em dia de chuva? levam guardachuva? se abraçam bem juntinhos? porque o cheira de MACACO MOLHADO deve ser F....!!!
ehhehehehheheheheh!

Anônimo disse...

O grande calote que acontecera em porto alegre nos proximos anos.

A troca de um bom e velho mas util FARGO 2014 por uma mercedes 2012.

camarotes: Em pleno contrato,como ficara a desoneração dos mesmos.
Sócio proprietario: Como ficaram os mesmos perante a arena.
Doadores do terreno para a construção do olimpico: Haverá um retorno financeiro para os mesmos, pois a doação foi para um projeto para investimento SOCIAL, e agora está se transformando em um investimento comercial por uma empresa que não é o gremio.

Se não houver um acordo com estes grupos de pessoas: e ser calote pura e simplesmente, como ficará a LARANJA gremio empreendimentos para oferecer os produtos localizados na arena OAS.

Anônimo disse...

Impressionante a ignorância e a irresponsabilidade de transformar um assunto tão sério em guerra de torcidas. Os adoradores do "bezerro de ouro" já haviam cogitado, bem do antes do projeto Arena, de demolir o Maracanã, que estaria ultrapassado, etc,etc. Mas como o Maraca é público, não depende só da opinião de uns e outros "abnegados" dirigentes e conselheiros, foi reformado e será a principal sede da Copa de 2014?
Esquecem que o Conselho também aprovou sem maiores questionamentos a desastrada parceria com a ISL.
De que recursos viveu até aqui o Grêmio? Da ajuda milagrosa de uma benevolente construtora baiana, conhecida pela gente da boa terra como "Obras Arranjadas pelo Sogro" ou do que a sua imensa e anônima massa de torcedores aportou aos cofres do clube? Se cada torcedor do Grêmio fosse chamado a doar R$ 1,00 por mês pra o Grêmio, em um ano levantar-se-ia o suficiente para as necessárias reformas do Olímpico.
Ah, o nosso glorioso Olímpico, palco das grandes conquistas do Grêmio, merecia melhor sorte do que ser entregue como troco, num negócio nebuloso, para ser demolido. Viva o Grêmio e sobreviva o Olímpico Monumental.
Doem aquele terreno do Humaitá pra OAS, como indenização e, se é tão bom assim, que eles lá construam a Arena por sua conta e risco. Depois de pronta e testada, nas suas tão decantadas promessas, ofereçam-nos, e veremos se nos será interessante cogitar da compra. Por fim, fica uma sugestão à Governadora: já que o "Odono" assumiu a Secretaria da Copa, chame o Antonini para a da Transparência, não tem ninguém melhor. Ele é o cara!

Anônimo disse...

Feitoooo! foi publicado a carta do Glênio no blo do Wianey. Tá lá na íntegra, parabens, agora que a nação Gremista leia e se tranquilize. Pelomenos o colunista foi justo e publicou uma resposta ao EX dirigente e EX conselheiro.!!

Anônimo disse...

" ATENCAO GREMISTAS , VAMOS EXIGIR QUE O VIANEY E O VIDARTE PUBLIQUEM UM ( DOSSIE ), DO PROJETO DELES , VERGONHA PARA SEMPRE ... COBREM ISSO DOS 2 , = VIANEY E VIDARTE JAAAAAAA !!!!!! ( eles so estao BATENDO NA ARENA .

Anônimo disse...

Não se preocupem 2 comentaristas não tem chance!
Já estamos mostrando o que é a força da NAÇÃO GREMISTA!
E parabens ao Glenio e o pessoal deste blog, é deste tipo de GREMISTAS que o GRÊMIO precisa!
VAMOS TODOS APOIAR, GRÊMIO RUMO A MODERNIZAÇÃO E CRESCIMENTO SEMPRE!!!

Anônimo disse...

Já se foi e foi tarde, o tempo dos estadios olimpicos, sendo que quase todos NUNCA são usados para este fim. Olimpico Monumental, Mineirão, Maracanã, Morumbi, Fonte Nova etc, todos tem muita história, mas estão velhos, precários e ultrapassados, são de outra época, século e mentalidade, onde o importante era só o tamanho, capacidade e imponência e não qualidade, conforto, visão do campo, e opções de entretenimento mesmo em dias sem partida de futebol...

Anônimo disse...

Os grandes clubes do mundo e até alguns pequenos como o CAP, são exemplos de crescimento (títulos, renda, mídia , torcida... etc.), com aquisição de Arena Multiuso como fator maior. O CAP por ex. após uso da Arena Kiocera (que ainda está tendo seu tamanho aumentado) já foi CAMPEÃO BRASILEIRO 2001, VICE da LIBERTADORES DA AMÉRICA 2005 e vem mantendo, neste milênio , superioridade frente seus adversários no Paraná e em campeonatos nacionais. Alguém lembra o que era o CAP antes da Arena? Era time de segunda divisão a anos. Para o que era este clube, o crescimento é notável!!

Anônimo disse...

Outros exemplos, o Bayer de Munique (ALE) que hoje manda seus jogos no Alianz Arena, olha o que éra o Olimpia Stadium... sem comparação. Arsenal e o Emirates Arena, Benfica e o novo Estadio Da Luz, FC Porto, Espanyol e o Cornella'- Del Prat, Hoffenhain( perdão se o nome não tiver bem certo) do ex Grêmio Carlos Eduardo, outros grandes clubes ja tem a anos estadio neste modelo: Real Madri, Barcelona, Milan e Inter de Milão (ambos do Giuseppe Meaza), Manchester United, Chelsea, Borussia Dortmund etc.

Anônimo disse...

O Maracanã não é padrão FIFA aparentemente parece pronto, vendo pela tv, mas serão feitos ainda muitas reformas para a copa, Morumbi, Mineirão e Beira Rio tambem estão muito longe do MÍNIMO exigido pela FIFA, que não é tão exigente quanto a UEFA.
No Olimpico, imaginem o tamanho da reforma que teria que ser feito para virar um estadio Multiuso mais confortável e lucrativo, só um ex entre tantos, como colocar cadeiras no anel inferior, sendo os "degraus" tão baixos e estreitos de um lado e bancos de concreto do outro, a capacidade diminuiria muito e hoje já é pequena para decisões, fora que os acessos ao Estádio são complicadíssemos estes são só 3 fatores entre outros mil.

Duda disse...

olha, que baderna esse assunto.

Não entendo como uma OAS vai construir uma area e não vai ganhar nada.

Até agora, não se viu NENHUMA linha sobre a questão "LUCRO" da OAS.

COM CERTEZA, a OAS não vai "dar" nenhuma arena, então, onde estaria o lucro da OAS ?

André disse...

Duda, tu é muito burro, e o shopping na área do Olímpico? E as áreas em torno da Arena? Pra quem vai esse lucro? Pra OAS sua anta. Ninguém faz nada de graça meu filho, acho que é uma troca justa.

Anônimo disse...

Não entendo pq tanta gente pergunta a mesma coisa, inclusive o EX dirigente que mandou a carta, sobre que vantagem(lucro) OAS terá em fazer a Arena do Grêmio, se já informaram VÁRIAS VEZES, a mais de um ano que a OAS terá 35% do lucro total da arena e seu entorno durante 20 anos, além de que o condomínio habitacional ao lado da Arena, o shopping, hotel, etc... shows na Arena, enfim, tudo o que não estará anexo a Arena será 100%(CEM PORCENTO) da OAS + a área da Azenha. Não parece um ótimo negócio para a OAS? E tambem para o GRÊMIO que não desembolsará um centavo, pois sederá a área do Olimpico e "dividirá" os lucros da Arena com a OAS (65% do Grêmio, 35% da OAS) durante 20 anos (após será 100% do Grêmio).
A OAS lucrará muito com tudo isso e com o "atrativo" Grêmio na região do Humaitá, que será muito valorizada$$$.
O lucro da OAS está muito claro!!!

Anônimo disse...

Se ainda houver dúvidas sobre o lucro da OAS, é só dar UMA LIDA nos posts mais antigos deste blog!
Um abraço!!

Anônimo disse...

Prezado Sr. Glenio, tenho pema de vcs, com argumentos como "mãe Dinah","fujam para as Colinas", argumentos INFANTIS de geração do ORKUT, de um simples moderador de orkut (como se fosse grandes coisa), me dá uma vontade de RIR!!!
Primeiro vcs devem aprender argumentar com clareza e sem gírias. Coitado do Gremio, nas mãos de gente que não tem noção de negócio.Eu como colorado, tenho que rir!! Construam a ARENA JÁ!!! Só não enxergam os cegos e DONOS DA ARROGÂNCIA de querer ter o maior e melhor estadio do mundo....mas sem titulos....COITADOS!!!

sds coloradas,

Veton.,

Anônimo disse...

Voces nao tem noção do texto ridiculo que vcs escreveram e publicaram no blog do wianey, sem embasamento tecnico nenhum e muito menos argumentos convincentes. Desculpem, estou sendo sincero e não me importo com o Gremio, mas naoq ueria ver o Co-irmão sem estadio...Se liguem...ainda é tempo....e "não fujam para as colinas" depois....

Anônimo disse...

Estou dando prazo de 24 horas, para esse exelente blog que faz a cabeça de milhões de torcodores gremistas a adorarem uma maquete: a disponibilizarem no mesmo as medidas exatas dos predios a serem construidos em um terreno de 20,70 He, sendo estes:
1)arena OAS
2)esplanada
3)17 edificios de habitação e escritorios
4)Shopping
5)Estacionamento
6)Centro de eventos
7)Hotel
8)Avenidas, ruas, becos, vielas,passarelas e outros etcteras qualquer.
Construções estás realizadas pela BENEMERITA OAS dando de bonificação a seu parceiro gremio bonus abaixo exemplificados:
R$ 7.000.000,00 anuais nos 7 primeiros anos.
R$ 14.000.000,00 anuais nos 13 ultimos ano.Para a concretização dos mesmos o gremio se compromete se houver todas as desonerações a entregar o velho e combalido olimpico.
Se por ventura esse negocio não acontecer, aconselho a mandar fazer na china chaveirinhos do modelo da maquete do gremio e vender para a sua emotiva torcida; sendo que a dinheiro arrecadado será para tirar o prejuizo dos
R$200.000,00 pagos pela maquete.

Obs. Sugiro que a futura compra e importação dos chaveiros seja feita nos tramites legais,para não haver problema futuramente com a Receita Federal e Banco Central.
pagoss

Anônimo disse...

Sugiro até um titulo e preço para o marketing de comercialização do chaveirinho.


Titulo: SÓ FOI UM SONHO
Preço: R$ 20,00 a unidade
Promoção: 12 chaveirinhos por
R$ 200,00

Giuliano Vieceli disse...

Eu dou um prazo de 24 horas para que tu te identifiques antes de querer cobrar algo neste blog.

Não sei as medidas da arena, não sei as medidas dos prédios, do shopping, etc.

Sei lá, na OAS só deve ter gente burra e incompetente, pois ninguém ainda "se deu conta" dos cálculos mirabolantes feitos por anônimos neste blog.

O que importa é que a arena terá o seu espaço e o Grêmio terá o seu terreno.

As outras construções (shopping, hotel, prédios, etc.) quem deve se preocupar é a OAS. Afinal, o clube não terá nenhuma participação nestes empreendimentos.

Anônimo disse...

Tôma troxa e CHÓÓÓÓRA o chororô é livre!!!
Quanto MEDO aspirantes a arquitetos!!
Saudações GRÊMISTAS e vamos para a ARENA, já é!!!

Anônimo disse...

Olha eu tambem tenho pena!!
Pena de um (1) UM ) moranguinho que come, bebe,dorme a ARENA .
Ta icomodado né?!
Não vem c essa filosofiasinha barata que tu postô aí recalcado!
Nós GREMISTAS não temos culpa se o VICE-DE-TUDO não te dá assunto ô fã ovelha negra!!!

Anônimo disse...

Ridículo, infantil, sem noção é esse papelão de secador aí.... É tão tosco que não se define, ora se faz de Gremista anti-Arena ora de vermelinho invejoso!!

André Fernandes disse...

Guiliano, moderação já, esses ridículos cocoloridos que derramem suas frustrações e invejas em outros lugares, aqui é um espaço para gremista, portanto, lugar de nível, não vamos deixar essa gentalha escrota sujar tão nobre espaço. Sei que vai te dar mais trabalho, porém o espaço seria melhor aproveitado por gremistas verdadeiros preocupados com o futuro do tricolor, sem ranço político ou diferenças pessoais, tornando aqui um fórum importante para dirimir dúvidas dos gremistas. Abraço Giuliano.

Anônimo disse...

Tal de Giuliano e cia aborrecida!! Não temos nenhuma INVEJA não!! Só não acreditamos mesmo é que vcs estão fazendo um PAPEL BOBO em frente a milhares de gremistas com réplicas e textos ridiculos de quem não sabe nem se expressar. Vão crescer e aprender que em negócio grande como estes, no qual o Gremio vai afundar de vez, vcs míseros adoradores do Gremio, não devem nem se meter!! vcs não tem noção o quanto está ridicularizando o Gremio (no qual tenho respeito como instituição) com toda essa baboseira publicada. Vão estudar e ver que isso é piada!! E digo mais: Construam a ARENA JÁ!!!

Giuliano Vieceli disse...

Anônimo,

Você já leu os contratos entre Grêmio e OAS?

Giuliano Vieceli disse...

André,

Não vou moderar os comentários de quem é contra pois eles são um termômetro do andamento do projeto.

Quanto mais comentários, mais próximo está o sucesso do empreendimento.

:D

Glenio disse...

Giuliano

Concordo contigo. A presença dos colorados aqui só mede o tamanho do desespero deles em comparar a Kombi 69 com a nossa Mercedez 2012. Para ficar no ritmo das gírias e chavões, acho que os co-irmãos devem se satisfazer com sua bóia-cativa travestida de abóbora.

Anônimo disse...

Glenio, correcao: boia-cativa travestida de bergamota! Projeto Bergamotao para Sempre... se e que vai sair a cobertura a la bergamota, pois segundo as ultimas declaracoes dos dirigentes moranguetes nao teria muita esperanca.

Anônimo disse...

Esquecem...larguei de mão. Foi só um comentário, com crítica construtiva. Não tem nada de clubismo ou coisa parecida, só uma crítica. Meu time, muito ridicularizado aqui, não tem nada em haver com essa arena. Mas quando a bomba estourar (se é que vai) quero ver voces não fugirem para as colinas a espera do juízo final. Ta na cara que os torcedores que apoiam, ou moram nas imediaçoes ou são geração de orkut. Não preciso ler o contrato, pois não estou interessa. Se tu leu e achas que entende e compreende os pormenores do contrato por ser um especialista ou advogado e ainda, poder se achar intermediador para com a torcida gremista, ok! Boa sorte!! Acordem para este mundo!!!

Giuliano Vieceli disse...

Anônimo,

É justamente por não ter lido o contrato que tu não podes afirmar que o mesmo é maléfico para o clube.

Simples.

Giuliano Vieceli disse...

Mais uma coisa anônimo. Eu não li o contrato. Nem me acho capacitado para tanto.

Para isso existe o conselho deliberativo. Para isso foram criadas SETE comissões, cada uma estudou o contrato sob aspectos diferentes (patrimônio, financeiro, etc.).

E creio que no CD do clube existem conselheiros muito capacitados e responsáveis, que não aprovariam um contrato que fosse tão ruim quanto o que andam dizendo por aí.

E justamente por isso eu acho RIDÍCULA a idéia de se fazer uma votação com a torcida sobre a arena.

Os torcedores estariam aprovando o que, se a grande maioria (assim como eu) não tem condições de analisar adequadamente um contrato desta magnitude?

É por isso, caro anônimo, que estas discussões devem ser feitas dentro do conselho do clube, pelos REPRESENTANTES da torcida, e não em blogs.

O objetivo deste blog é trazer informações acerca do Projeto Arena, e não ficar discutindo algo que já foi aprovado (o contrato).

Saudações Tricolores

Anônimo disse...

O site da Arena ta vindo aí, concerteza todos os esclarecimentos estarão ao alcance de todos!

Anônimo disse...

Onde na Arena serão colocados os telões?

Giuliano Vieceli disse...

Ficarão posicionados atrás de cada goleira, acima do último anel.

fdaalves disse...

É engraçado Giuliano que os cocolorados se preocupam com nós gremistas para que não façamos papel de bobos quanto a arena não ser construída. Mas a verdadeira preocupação deles é que sabem que o beira-lixo não vai servir nem pra campo de treino da Copa.